IPBeja - Seminario
IPBeja > Seminario

IPBeja > Eventos > Seminário - O Impacto Sócio-económico das Instituições de Ensino Superior nas Cidades de Média Dimensão
 

 Versão Inglesa

Seminário

A organização de um seminário destinado a debater o impacto das instituições de ensino superior Politécnico (IESP) nas cidades de média dimensão em Portugal, visa contribuir para a discussão, devidamente enquadrada por referenciais europeus, sobre a racionalização e a sustentabilidade da actual rede.

O desenvolvimento das regiões na sociedade pós-industrial está fortemente associado a factores de competitividade, baseados no conhecimento, na criatividade, na inovação e no empreendedorismo. Por essa razão, importa analisar o papel que a actual rede de IESP tem vindo a desempenhar no combate à tendência de litoralização do país e em prol do desenvolvimento integral do território português, muito em especial nas cidades de média dimensão situadas em territórios de baixa-densidade ou relativamente periféricos.

Ao longo dos últimos anos, consolidou-se uma rede de Institutos Politécnicos em grande parte das cidades de média dimensão em Portugal. Essas instituições induziram o desenvolvimento local suportado pela inovação e pela transferência de conhecimento adaptado às especificidades do território e das suas actividades tradicionais (e.g. agricultura, têxteis), potenciando a fixação de jovens quadros e a criação de empresas. Não menos importante, foi o facto destas instituições contribuírem para a preservação da cultura local, estimulando simultaneamente novas ambições para o posicionamento das regiões no contexto global, onde novos paradigmas baseados na criatividade, na inovação tecnológica e no conhecimento surgem associados à vivência da própria cidade e à promoção de “novas indústrias” (cidades criativas/indústrias criativas).

Cada instituição de ensino superior politécnico, em função do seu plano estratégico e das diversas realidades regionais, tem um portfólio de iniciativas e relações com a comunidade envolvente que importa conhecer, como forma de avaliar o seu potencial para o desenvolvimento das regiões e para a promoção de dinâmicas económicas adequadas aos desafios que se colocam ao país. Desta forma, os institutos politécnicos presentes neste seminário foram convidados a apresentar exemplos das suas relações com a comunidade envolvente ou iniciativas com  potencial para o desenvolvimento regional.

©2011 - Instituto Politécnico de Beja
Ficha Técnica